quinta-feira, 27 de maio de 2010

"Meus discos, meus livros e nada mais!"

Não posso dizer mais do meu passeio interno-nacional e do meu patriotismo, isolei-me arcadisticamente e se não, ainda desejo que sim. A casa no campo e a minha insaciável sede de conhecimento, minha sede de grama e mundo, seja em trens, livros ou boleros na sala de estar.
Argumentei, dia desses, sobre como dizia-me keynesiana... Mas que seja hoje Smith, ou qualquer outro, também busco autonomia, também vibro individualidade, sou tão só e egoísta quanto o cara ali do lado. Que seja.
Anos a fio de irmandade e fraternidade utópica. Irônicos anos, pois a briga das paredes familiares faziam-se por esta utopia, por esse sonho de nenhuma gritaria e a inquietante vontade de palavras trocadas, saboreadas e admiradas.
No meio do vendaval vazio de alma tornei-me andróide, já dizia o velho durante mais uma maratona de hitory chanel. É assim... O mundo é assim hoje: quatro quartos, quatro televisões, quatro dvd's, quatro video-games. Mas relaxa ainda tem uma só geladeira, a gente se esbarra pra pegar o iogurte. Fomos da família nuclear pra família desnucleada, desvinculada. No núcleo ao menos havia o interesse da força de trabalho, por mais usurpador e ignorante que possa parecer, os braços e pernas doloridas ainda trocavam olhares. Hoje vejo o iogurte e descubro que o gosto nem me agrada mais.
Dai ri de mim, pois ria, gargalhe se quiser, ei de juntar minhas trouxinhas. "Quero uma casa no campo onde eu possa plantar meus amigos", sem tremer, sem sofrer ou ter que fingir que aceito. Quero um teto pros discos e a minha vitrola, quero um mundo, o meu mundo e mais nada.
Talvez eu me envergonhe por estas palavras tardiamente. Mas se não sou família, se não sou pátria e se antes eu achava que não ser ambas as coisas era ser nada, hoje eu sou Patrícia.

Antes de ser mundo, seja.

9 comentários:

bateju disse...

aaaaaaaah Paty, vc é q é a escritora aqui!!

=]

beeijos

lindo texto! Sofro por ese "arcadismo" tbm!!hahaha

Hotz disse...

NOSSOS DISCOS , LIVROS ... E tudo MAIS ... TUDO ... TUDO .... TUDO

Hotz disse...

TUDO NOSSO .....

Viviane Botelho disse...

Alguma coisa aí me lembrou a última aula de literatura! xD
Adorei esse texto.

Luciana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luciana disse...

Meu beija-flor, é muito bom perceber a sua alma cada vez mais livre e receptora das energias do todo que lhe cerca.
Que você consiga cada vez mais se firmar nos seus objetivos e realizar todos os seus sonhos e que seus escritos possam cada vez mais nos conclamar a uma nova reflexão do verdadeiro viver.
Te amo muita coisa e cada vez mais agradeço à Deus por fazer parte da sua vida.

Amanda disse...

não canso de dizer: qnd eu crescer quero ser como vc.

Amanda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
luiz disse...

Fantástico o texto, parabéns Paty, está entre os melhores que já publicou. Continue sempre assim, escrevendo com essa irreverência.
(F) =D