quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

Parei para pensar só um pouco em o que eu quero pra minha vida, quero tanta coisa que mal sei por onde começar. Quero a paz; o amor; quero simplicidade; humildade; carinho; quero preservar as minhas amizades, apenas aquelas que me fazem crescer; quero ter dinheiro suficiente para não morrer nem de fome nem de tédio; quero buscar no mundo os lugares sobreviventes e fazer deles a minha sobrevivencia. Quero não me esquecer jamais e nunca deixar que os outros possam se quer tentar me modelar a sua maneira. Quero lutar pelos meus objetivos e bah, bah, bah.
Afinal, querer tanta coisa não é poder, mas acreditar é poder apenas passar perto de ter força para tudo isso e muito mais. Enfim, mas um ano seinicia e eu quero apenas crescer metalmente dedicando-me a o que eu gosto e o que eu não gosto mas é necessário, muita coisa boa tá vindo e eu sei que ruim também.

2 comentários:

sombrasdeumnovomundo disse...

É filha sou fã das coisas que você escreve e é bom demais ver que em seus novos escritos a vontade de crescer de uma forma suave, mas cheia de fé está cada vez mais presente e que a esperança brilha em seu ser.
Te amo demais.

marcela disse...

Você e quer e eu sei que você pode tudo isso.
E mais importante, eu sempre vou estar perto... Afinal, você tá nos meus planos.
Cara, eu te amo demais.